EXTENSIONISTAS RURAIS SÃO HOMENAGEADOS NA CÂMARA

Extensionistas rurais de todo o País participaram de sessão solene em homenagem aos 69 anos da Extensão Rural do Brasil, nesta segunda-feira (04), no Plenário Ulisses Guimarães, na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Requerida pelo presidente da Frente Parlamentar de Assistência Técnica e Extensão Rural, deputado federal Zé Silva (Solidariedade-MG), a sessão foi realizada em parceria com a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) e homenageou profissionais da Ater de todas as unidades da Federação, com o prêmio ‘Extensionista Destaque 2017’.

Representando a Asbraer, o vice-presidente da Região Sul, Clair Kuhn,  participou da sessão solene.

 Ao abrir a sessão, o deputado Zé Silva explicou que o objetivo é homenagear os extensionistas, resgatar a história e mostrar as conquistas e a situação atual do Extensão Rural no País. “A extensão rural é um serviço essencial para reduzir as desigualdades entre pessoas e as regiões brasileiras, e o Congresso Nacional tem papel fundamental para que esse serviço possa vencer seu maior desafio, que é a sustentabilidade financeira. O Governo Federal precisa mudar a forma e também ampliar os recursos aplicados para que a extensão rural deixe de ser dependente de convênios burocráticos”.

De acordo com o deputado, o trabalho que vem sendo realizado pela Anater é o melhor caminho para mudar o cenário da extensão rural no Brasil.

 Além deles, o presidente da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (ANATER), Valmisoney Moreira Jardim, o presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), Leonardo Góes Silva, o vice-presidente regional da Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (ASBRAER), Clair Tomé Kuhn e o representante da Federação dos Trabalhadores da Extensão Rural (FASER), Cleison Medas Duval prestigiaram a sessão.

 Martins foi homenageado durante o evento por conta de sua trajetória de quase 30 anos na extensão rural relembrou os desafios enfrentados e avaliou que vencê-los foi essencial para fortalecer todo o contexto rural do país. “Vencer a escassez de recursos, a ausência de políticas de desenvolvimento rural, e todos os demais desafios serviram para sustentar esse sistema tão importante e estratégico para todos”, explicou.

Durante a solenidade representando a Frente Parlamentar de Agricultura (FPA) e a pedido dos extensionistas, o deputado Zé Silva entregou para o secretário de agricultura um pedido de terreno para a criação do Museu da Extensão Rural em Brasília.

O presidente da Anater, Valmisoney Moreira Jardim, destaca que neste primeiro ano de atuação efetiva, a Anater já está em todas as regiões do País. “Estamos trabalhando com dois projetos, o Piloto e o D. Helder Câmara, promovendo a qualificação dos profissionais de Ater e levando aos agricultores familiares uma assistência técnica diferenciada, com um viés mais comunitário. Acreditamos que com o serviço de extensão rural é possível vencer a desigualdade social e promover o desenvolvimento sustentável do País, por isso, nossa meta para 2018 é que pelo menos 400 mil famílias de agricultores possam receber assistência através dos projetos da Anater”, planeja. 

Clair Thomé Kuhn saldou os presentes à sessão solene e ressaltou sua alegria pela homenagem à uma mulher extensionista do Rio Grande do Sul. “Quero saudar a nossa extensionista Elisângela Froehlich e também a Magda, a Francielle. E por que homenagear a extensionista mulher? Por que ela representa tudo o que tem o nosso Rio Grande do Sul. Tudo o que ele tem de bom lá na ponta, na assistência técnica e social que transforma a vida".

Extensão rural brasileira – O serviço de Ater teve início, em 1930 em Minas Gerais,  quando foi realizada a Primeira Semana do Fazendeiro, já a primeira experiência extensionista no campo, ocorreu, em  1948. Atualmente o serviço é oferecido  há  cerca de 5.359 municípios, e  conta com  a atuação diária de 16 mil extensionistas, que levam aos produtores rurais de todo país  conhecimentos tecnológicos, além de incentivo as diversas politicas públicas, que contribuem para o aumento da produção, propiciando melhores  condições de vida  do meio rural brasileiro.

Receberam a comenda ‘Mérito Ater’ o presidente da Frente Parlamentar de Ater, deputado Zé Silva, o secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural do DF, Argileu Martins e os extensionistas Gabriel Alves Maciel, de Pernambuco, e Marinalva Olívia Martins Soares, de Minas Gerais. Também foram homenageadas a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), a Federação Nacional dos Trabalhadores da Assistência Técnica e Extensão Rural e do Setor Público Agrícola do Brasil (Faser) e a Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer).

Comemorado em todo território nacional o Dia do Extensionista Rural, foi instituído pela lei nº 12.386, em 03 de março de 2011. Os profissionais que receberam a homenagem ‘Extensionistas destaque 2017’ foram indicados pelas instituições públicas prestadoras de Ater onde atuam, em seus respectivos Estados.

Ascons Asbraer/Anater/ seagri-DF

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.