Emater-GO promove Dia de Campo para Recuperação da Bacia do Rio Bacalhau

No último dia 24 (sexta-feira), a Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), Ministério Público do Estado de Goiás, Prefeitura Municipal da Cidade de Goiás, Instituto Vila Boa dos Goyases (IVBG), Saneago e Secretaria das Cidades e do Meio Ambiente (Secima) realizaram o Dia de Campo Recuperação do Rio Bacalhau, na fazenda Tapera do Barbosa, no município.

Mais de 80 participantes compareceram ao evento que teve como objetivo promover a conscientização a respeito do uso sustentável das águas do Rio Bacalhau. Durante o Dia de Campo, os presentes conheceram os projetos de conservação de microbacias da Emater e acompanharam plantio de mudas na nascente do Rio Areias, uma das cabaceiras do Rio Bacalhau.

Na propriedade, a primeira fase do projeto está em andamento com o cercamento da nascente e o plantio de 460 mudas. Já na segunda fase, será realizado o terraceamento, com o objetivo de conter a erosão em torno do local.

“Eu já tenho uma consciência de preservar, sempre tive vontade de fazer este tipo de projeto, então a proposta veio de encontro com o que eu desejava”, destacou o produtor Geraldo Rios sobre a motivação em participa do projeto. Geraldo ainda ressaltou que, na propriedade, os trabalhos podem contribuir com o aumento do fluxo do córrego.

Para o proprietário da fazenda, “a comunhão de forças entre estado e sociedade permite o andamento das coisas”. Rios ainda completou que “o produtor está se conscientizando. E isto é bom para a sociedade e para a propriedade”.

Recuperação do Rio Bacalhau

De acordo com o coordenador da Unidade Regional da Emater Rio Vermelho, Colemar Pinto de Faria, o projeto prevê a recuperação de cerca de 70 nascentes das mais de 120 que abastecem a bacia do Rio Bacalhau. As ações serão realizadas por meio do Programa de Recuperação Microbacias da Emater e do Ser Natureza, projeto do Ministério Público do Estado de Goiás.

Somente este ano, sete nascentes em duas propriedades serão recuperadas. Durante a execução do projeto, serão realizados o cercamento de nascentes e matas ciliares, plantio de mudas e levantamento de estradas.

Durante o processo, a Emater irá fornecer orientações técnicas aos produtores, além de acompanhar e cadastrar os produtores da microbacia.

Participantes

Estiveram presentes durante o evento, a prefeita da Cidade de Goiás, Selma Bastos, o presidente do IVBG, Itamar Bueno, o deputado estadual, Talles Barretos, além de representantes de entidades parceiras, produtores e técnicos agropecuários.

Gerência de Comunicação para Inovação – Emater

Texto: Nathália Peres

Foto: Emater / Divulgação 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.