Simpósio em Salvador seleciona projeto de Turismo Rural da Emater/RS-Ascar

 

Com o tema Relevância da Economia Criativa para estabelecimento da relação entre Turismo Rural e Turismo Criativo, o artigo da turismóloga da Emater/RS-Ascar, Fernanda Costa da Silva, e da extensionsita social do Escritório Municipal de Victor Graeff, Ana Maria Knoff, foi selecionado e representa a Instituição no II Simpósio Internacional de Gestão da Comunicação, Cultura e Turismo (Sincult), que acontece na próxima semana na Universidade Católica do Salvador, Campus Pituaçu, em Salvador. O Simpósio acontece de 30 de novembro a 2 de dezembro e tem como tema central Economia Criativa, Inovação e Memória. O trabalho selecionado trata da parcela de Turismo Rural apresentado nos anos 2016 e 2017 pela Emater/RS-Ascar na Expodireto, que acontece em março em Não-Me-Toque.

No Sincult, Fernanda e Ana Maria fazem parte da Sessão Temática Gestão do Turismo no contexto contemporâneo, coordenada pela professora doutora da Uneb, Nara Espinheira Lemos. A apresentação será no dia 1º de dezembro, entre 8h e 11h, na sala 4, destinada à Sessão de comunicações científicas.

De acordo com Fernanda, o artigo trata da Economia Criativa em relação direta ao Turismo Rural e Turismo Criativo de forma concomitante. “Objetiva-se colaborar para a reflexão acerca das possibilidades de inovação do trabalho de Turismo Rural através de elementos de criatividade, questionando a possibilidade de se trabalhar com o que há de genuíno do Turismo Rural, a partir do desenvolvimento agregado do Turismo Criativo, mediante ações e criações relacionadas à Economia Criativa”, observa a turismóloga.

“Os resultados indicam ser relevante considerar a criatividade, quando atrelada ao turismo, também no âmbito rural e não somente no urbano, levando-se em conta que os aspectos da ruralidade detêm elementos de cultura importantes para atratividade turística”, avalia Fernanda.

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar

Jornalista Adriane Bertoglio Rodrigues

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.