Encontros de agroecologia começam no Centro de Convenções

Encontros de agroecologia começam no Centro de Convenções

Presidente do 10º Congresso Brasileiro, Mariane Vidal destacou, nesta terça (12), a importância do Cerrado para a segurança hídrica do País e da América Latina. Até sexta (15), ocorrem também o 6º Congresso Latino-americano e o 5º Seminário do DF e Entorno

A agroecologia, modelo de produção visto como alternativa sustentável aos modos de produção tradicionais, é o tema de três importantes eventos do setor que foram abertos nesta terça-feira (12) no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

 

Presidente do 10º Congresso Brasileiro, a pesquisadora Embrapa Mariane Vidal destacou a importância dos diversos biomas presentes no DF para a segurança hídrica do País e da América Latina.

Presidente do 10º Congresso Brasileiro, Mariane Vidal destacou a importância do Cerrado para a segurança hídrica do País e da América Latina. Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

O 6º Congresso Latino-americano de Agroecologia, o 10º Congresso Brasileiro de Agroecologia e o 5º Seminário de Agroecologia do DF e Entorno ocorrem, de forma simultânea, até sexta (15).

 

A discussão central de todos trata do tema Agroecologia na Transformação dos Sistemas Agroalimentares na América Latina: Memórias, Saberes e Caminhos para o Bem Viver.

 

A programação conta com palestras, mesas-redondas, cursos e visitas a propriedades rurais.

 

“A agroecologia é um debate de vanguarda sobre os modelos produtivos que temos hoje”, defende o secretário da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, Argileu Martins.

 

"A agroecologia é um debate de vanguarda sobre os modelos produtivos que temos hoje"

Argileu Martins, secretário da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural

As atividades permitem também o reforço do turismo na capital federal, de acordo com Martins. “Trazer mais de 5 mil pessoas para o DF dinamiza o comércio e a rede hoteleira.”

 

O governo de Brasília participa ativamente dos encontros devido à importância dos debates. “Eles podem gerar incentivos e conhecimentos para o agricultor do Distrito Federal e para os extensionistas da Emater”, explica o presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF), José Guilherme Leal.

 

O fato de Brasília sediar os congressos permite abordar temas relevantes para a sustentabilidade do Cerrado. “O bioma tem fundamental importância para a segurança hídrica do Brasil e da América Latina”, destaca a presidente do 10º Congresso Brasileiro de Agroecologia e pesquisadora da Embrapa, Mariane Vidal.

 

A propriedade do agricultor Heleno Manoel do Nascimento, de 69 anos, no Núcleo Rural Taguatinga, em Samambaia, será um dos exemplos de cultivo sustentável apresentados, a partir de terça-feira (12), durante o 6º Congresso Latino-americano de Agroecologia, 10º Congresso Brasileiro de Agroecologia e 5º Seminário de Agroecologia do DF e Entorno que ocorrem no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

 

A organização dos eventos é da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), em parceria com a Emater-DF; as Secretarias da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural; do Meio Ambiente; do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos; o Instituto Brasília Ambiental (Ibram) e a Universidade de Brasília (UnB).

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.